terça-feira, maio 29, 2012

Debates de Afecto Com Uma Feminista




  • Meu Blog!!!!

    renata-blogdar.blogspot.com



  • A JORNALISTA Alexandra Prado Coelho falou em 2005 com crentes de cinco religiões acerca duma tragédia na Ásia. Nenhum dos interrogados atribuiu o acto a um castigo divino (cf. PÚBLICO, 5/1/2005).

    Ainda bem. O silêncio e a solidariedade, perante catástrofes de uma tal dimensão, são as únicas atitudes que respeitam a transcendência de D-us e a dignidade dos seres humanos.

    Até há poucos anos, os mestres do egoísmo, solidamente instalados numa confortável apologia da finitude, defendiam que gozar a vida no máximo dos seus prazeres era o único sentido que a existência humana podia ter. Para este culto da finitude bem sucedida bastava a imersão na corrente da vida de uma natureza generosa. Qualquer alusão a um mundo de infelicidade ou a sinais do sagrado, a interrogações de pendor metafísico ou religioso eram restos de superstições condenadas a desaparecer.

    Acontecimentos inesperados obrigam-nos a parar e a escutar a voz do silêncio. É preciso ir mais longe e mais fundo do que as solidariedades pontuais, por mais urgentes e indispensáveis que elas sejam. A catástrofe não foi um castigo de Deus, mas pode ter sido o castigo da falta de preparação e equipamentos para escutar os sinais da natureza (cf. Costas Synolakis, PÚBLICO, 2/2/2005).


    • Tu e Roberta Ferreira gostam disto.

      • Luís Magalhães Christina Rayes Ortigosa Maria Ines SiracusaSolange Ayres Borges Roberta Ferreira Proponho a seguinte meditação: Dada a cultura ambiente mais generalizada - com analogias nas crenças de re-encarnações de expiação -, o que estava implícito na pergunta era um insulto: a doença - ou qualquer outro mal - é um castigo de Deus.

        Diante do mal, a reacção acertada consiste em procurar as formas mais adequadas de o vencer e não a de repetir pseudo-evidências consagradas. Nesta história - elevada ao nível de grande parábola - estamos em presença da cegueira física de um homem e da cegueira cultural e religiosa, na qual os discípulos foram criados. Jesus, de um só golpe, libertou o filho e os pais daquela vergonha e separou Deus da ideia de castigo. "Cuspiu na terra, fez lama com a saliva, aplicou-a sobre os olhos do cego e disse-lhe: Vai lavar-te na piscina de Siloé." O cego foi, lavou-se e regressou de olhos abertos. A parábola está construída para mostrar que Deus estava naquele gesto material. Também a arte realiza, através da matéria, a dimensão simbólica.

        As acções de Deus, porém, não costumam vir com assinatura. Não se impõem: "Os vizinhos e os que estavam acostumados a vê-lo, porque era mendigo, perguntavam: Não é este que ficava sentado a pedir esmola? Uns diziam: É ele. Outros diziam: Não, mas alguém parecido com ele. Ele, porém, afirmava: Sou eu mesmo. Perguntaram-lhe, então: Como se abriram os teus olhos? Respondeu: Aquele homem chamado Jesus fez lama, aplicou-a nos meus olhos e disse-me: Vai a Siloé e lava-te. Fui, lavei-me e recobrei a vista. Disseram-lhe: Onde está ele? Respondeu: Não sei."
        Levaram o "miraculado" aos fariseus. O narrador adianta a causa principal das complicações que se seguem: o cego teve o azar de ter sido curado num sábado! Mas não foi por aí que os fariseus começaram o inquérito. Teimavam em saber como é que foi curado. A resposta é de quem já não suporta mais a pergunta: "Ele aplicou-me lama nos olhos, lavei-me e vejo."

        Ontem às 18:09 ·  ·  3

      • Luís Magalhães A cegueira ideológica é mais forte do que os factos: "Este homem não vem de Deus, porque não guarda o sábado." O homem não é para o trabalho. Sem tempo livre, não pode descobrir o sentido da vida. O sábado do descanso transformou-se, todavia, numa opressão de mil preceitos mesquinhos. Jesus revolta-se: o dia de Deus tem de ser o da alegria e o da liberdade do ser humano.

        Os próprios fariseus acabaram por ficar divididos diante do paradoxo: "Como pode um homem pecador realizar tais sinais?" Procuraram conhecer a opinião do que fora curado: "Que dizes de quem te abriu os olhos?" E ele respondeu de forma provocatória: "É um profeta." Chamaram, então, os seus pais e perguntaram: "Este é o vosso filho, que dizeis ter nascido cego? Como é que, agora, vê?" Responderam: "Sabemos que este é o nosso filho e que nasceu cego. Como é que ele, agora, vê e quem lhe abriu os olhos, isso não sabemos. Interrogai-o. Já tem idade e ele próprio se explicará."

        A redacção da narrativa denota uma época tardia porque já precisa de informar os seus leitores: "Os seus pais assim disseram por medo dos judeus, pois estes tinham combinado que, se alguém reconhecesse Jesus como Cristo, seria expulso da sinagoga. Por isso, os seus pais disseram: Ele já tem idade, interrogai-o."

        A história voltou, então, ao começo. Tentaram convencer o que fora cego de que Jesus era um pecador. Resposta: "Se ele é pecador, não sei, mas uma coisa eu sei: é que eu era cego e agora vejo." Recusou-se a dar mais explicações e atreveu-se a nova provocação: "Por acaso, quereis tornar-vos seus discípulos?"

        Ontem às 18:09 ·  ·  2

      • Luís Magalhães Aqui, a embrulhada é total. Ele reforçou as provocações, servindo-se da mais corrente teologia farisaica. E o resultado não podia ser outro: "Tu nasceste todo no pecado e queres ensinar-nos?"
        Jesus ouviu dizer que o haviam expulsado e, encontrando-o, perguntou-lhe: "Crês no Filho do Homem?" Respondeu: "Quem é para que acredite nele?" Jesus declarou: "Estás a vê-lo, é quem fala contigo." Ele exclamou: "Creio, Senhor!"

        Jesus encerra este debate com uma evidência paradoxal: os cegos vêem e os que vêem ficam cegos. A quem não quer ver não há nada a fazer.

        3. A Quaresma não é para cumprir ritos de preparação da Páscoa. Se ficar por aí, torna a Igreja mais cega, mais endurecida, mais apegada ao que deve ser transformado. A Quaresma é, por natureza, um caminho de iluminação.

        Como preparação do baptismo de adultos, supõe uma alteração do olhar sobre a realidade social, económica, cultural, política e religiosa. É preciso descobrir, em liberdade, o que nos realiza e o que nos perde. É um trabalho de destrinça que não pode prescindir do uso das ciências humanas para se não cair em novas pseudo-evidências. Mas nenhuma ciência pode substituir a conversão da mente e do coração, simbolizada no baptismo. Nele se exprime aquilo a que se deve dizer "não" e aquilo a que se deve dizer "sim" com uma vida nova.

        No entanto, o baptizado não é um introduzido no céu. Continua um ser histórico, um ser tentado. Não pode eliminar a necessidade da revisão da vida pessoal e comunitária, na Igreja e na sociedade, local e planetária. Para quando uma sociedade de todos, desenvolvida, segura e sem armas?

        Já não estamos numa "sociedade teocrática". Sagradas são as leis do mercado. Quem tiver olhos para ver, veja!

        Ontem às 18:09 ·  ·  2

      • Roberta Ferreira Obrigada,,,Luís Magalhães.:)
        há 21 horas ·  ·  1

      • Luís Magalhães De nada maninha Roberta Ferreira
        há 21 horas ·  ·  2

      • Roberta Ferreira ‎:)
        há 21 horas ·  ·  1


  • Aceitação


    "Quando somos gentis com nós mesmos, quando desaceleramos e dançamos...Ver mais




  • https://www.facebook.com/pages/Pensamento-Mulher/205143949556148


    Com o Olhar Feminino, a Página Pensamento Mulher tem o propósito de abrir um espaço para que tod@s possam se expressar das mais diversa formas (denúncias, poesias, divulgações, ajudas, crônicas, etc.) e, dentro do que for possível, agir a favor de pessoas vitimizadas, seja por meio de campanhas ou r...
    Página: 753 gostam disto



  • Renata Beiro: “A teologia feminista surge da rebelião das mulheres contra o seu apagamento e silenciamento pelas religiões dominadas pela visão patriarcal. Daí a importância das suas interrogações, dos textos, das suas revisões da história, da sua reformulação das crenças e das práticas religiosas. Mas, como nos diz Juan José Tamayo, não esqueçamos que a causa da emancipação e da igualdade (não clonada) das mulheres não é só assunto de mulheres, mas sim de todos os cidadãos e cidadãs comprometidos na luta contra a discriminação sexual.”


  • Continuo a minha luta pelo "meu" argumento: o que me choca no magistério de alguns é a junção da punição de abusos sexuais pelo clero da sua denominação e o da ordenação de mulheres, nessa confissão religiosa "patriarcal". Independentemente do que se pense desta junção - estou convicto de que, mais tarde ou mais cedo, é uma questão inevitável nessa confissão -, o não poso deixar de lamentar é o sucedido. "Se se está a tentar um sistema funcional [na Igreja Católica], crimes rituais ou sacramentais podem ser tão destruidores como os morais", escreveu Andrew Brown no The Guardian, acrescentando: "Mas é uma conjunção que não vai cair bem no mundo exterior. Um organismo que tivesse alguma noção de relações públicas publicaria as duas revisões separadamente."



    • Tu e Renata Beiro gostam disto.

      • Luís Magalhães Perante a justa indignação de tantos por causa desta imagem misógina da Igreja, Monsenhor Charles Scicluna, da Congregação para a Doutrina da Fé, teve de vir acalmar os ânimos, declarando que a ordenação de uma mulher e a pederastia não têm o mesmo nível de gravidade.
        Embora não haja uma ligação intrínseca entre celibato e pedofilia, impõe-se a necessidade de atenção redobrada na formação dos futuros padres e é inevitável o debate à volta do perigo do celibato obrigatório para uma sexualidade madura.
        É fundamental que se garantam os direitos de todos. Se, quando há separação de poderes - legislativo, executivo e judicial -, é o que se sabe, o perigo pode ser maior na Igreja, onde a separação não existe.
        Mais uma vez se mostrou que um problema fundamental na Igreja Católica é a reforma da Cúria. Mais um sinal: o documento publicado na semana passada já tinha sido aprovado pelo Papa no dia 21 de Maio.
        Apesar de tudo, trata-se de uma atitude vigorosa de Bento XVI. Seria de esperar que outras instituições lhe seguissem o exemplo. Porque não é bom refugiar-se em bodes expiatórios nem bater sempre a culpa no peito dos outros.

        há 21 horas ·  ·  2

      • Luís Magalhães Na minha comunidade calvinista todos têm lugar!
        há 21 horas ·  ·  1

  • Terão as religiões algo a dizer a este mundo? Segundo Paul Ricoeur, “se as religiões devem mesmo sobreviver, deverão satisfazer numerosas exigências. Em primeiro lugar, será preciso renunciar a toda a espécie de poder que não seja o de uma palavra desarmada. Deverão, além disso, fazer prevalecer a compaixão sobre a rigidez doutrinal. Será preciso sobretudo – e é o mais difícil – procurar, no próprio fundo dos seus ensinamentos, o que vai além do que é dito e graças ao qual cada uma pode esperar encontrar as outras. Não é nas manifestações superficiais – que se revelam competitivas entre si – que se fazem as verdadeiras aproximações. Só nas profundezas se encurtam as distâncias”.


    • Gostas disto.

      • Renata Beiro Ainda não descobri o que as religiões podem dizer...
        há 21 horas ·  ·  1

      • Luís Magalhães Renata Beiro: Li este artigo de opinião no Diário de notícias de Lisboa, e considerando que ele poderá suscitar o interesse de alguns amigos, no qual a incluo, e a todos os que por aqui passarem, tomei a decisão de aqui o publicar.
        há 21 horas ·  ·  1

      • Luís Magalhães Aqui vai: "O comportamento subordinado da mulher
        não se deve a Paulo
        mas a outras lutas e influências"

        «Nos casamentos, constato com satisfação que as noivas rejeitam como leitura da Missa um dos textos propostos, da Carta aos Efésios, atribuída a São Paulo. Diz assim: "As mulheres submetam-se aos seus maridos como ao Senhor, porque o marido é a cabeça da mulher. Como a Igreja se submete a Cristo, assim as mulheres, aos maridos, em tudo."
        Na Carta aos Colossenses, também se lê: "Esposas, sede submissas aos maridos, como convém no Senhor." E na Primeira Carta a Timóteo: "A mulher receba a instrução em silêncio, com toda a submissão. Não permito à mulher que ensine, nem que exerça domínio sobre o homem, mas que se mantenha em silêncio. Porque primeiro foi formado Adão, depois Eva." Na Primeira Carta aos Coríntios: "As mulheres estejam caladas nas assembleias, porque não lhes é permitido tomar a palavra e, como diz também a Lei, devem ser submissas."
        Aí estão os textos fundamentais a partir dos quais São Paulo foi julgado como misógino e responsável pela situação de submissão das mulheres na Igreja e na sociedade. No entanto, tornou-se hoje claro que este preconceito repressivo e negativo é injusto. Quando comparamos a imagem que Paulo tem da mulher com a dos seus contemporâneos, concluímos mesmo, como escreve Stephen Tomkins, que Paulo é dos "escritores mais liberais da Antiguidade e que dificilmente merece uma crítica tão dura".

        há 21 horas ·  ·  1

      • Luís Magalhães Renata Beiro: Continuamos: Na Grécia e em Roma, as mulheres não eram consideradas pessoas, não tendo, portanto, direitos. "Calar é a grande honra de uma mulher." Aristóteles escreveu que "o homem é por natureza superior e a mulher, inferior; ele domina e ela é dominada". Os homens judeus agradeciam diariamente a Deus não os ter criado mulher, e o testemunho de uma mulher não era aceite em tribunal. Lê-se no livro bíblico de Ben Sira: "Menos dano te causará a malvadez de um homem do que a bondade de uma mulher."
        São Paulo fez uma experiência avassaladora, que transformou, de raiz, a sua vida: Deus não abandonou à morte Jesus crucificado. Que vale um morto? Que vale um crucificado? Então, se Deus o ressuscitou, não foi pelas suas qualidades. Assim, Deus está do lado dos abandonados e excluídos e, portanto, todos valem diante dele. Paulo intuiu e experienciou a dignidade infinita do ser humano, seja quem for. Daí ter escrito esta palavra decisiva, na Carta aos Gálatas: "Não há judeu nem grego; não há escravo nem livre; não há homem e mulher, porque todos sois um só em Cristo."

        há 21 horas ·  ·  1

      • Luís Magalhães E tirou as conclusões práticas. Formou comunidades cristãs carismáticas. Reuniam-se em casa de um cristão para celebrar a Eucaristia. Quem presidia era o dono ou dona da casa, de tal modo que nada impede pensar que, no princípio, mulheres presidiram à celebração eucarística.O facto de Paulo se dirigir também a mulheres casadas com não cristãos indica que as recebia na comunidade enquanto autónomas, como os homens, independentemente dos maridos.
        No último capítulo da Carta aos Romanos, saúda 16 homens e 8 mulheres. Lá aparecem Febe, que "também é diaconisa na igreja de Cêncreas"; Priscila, "minha colaboradora"; Maria, "que tanto se afadigou por vós"; Trifena e Trifosa, "que se afadigam pelo Senhor"; "a minha querida Pérside, que tanto se afadigou pelo Senhor". Merece menção especial uma apóstola: Júnia, "tão notável entre os apóstolos".

        há 21 horas ·  ·  1

      • Luís Magalhães Do confronto destes textos, conclui-se que Paulo não pode ser acusado de misoginia. O que se passa é que das 13 cartas que lhe são atribuídas, ele só é autor de 7: Primeira aos Tessalonicenses, 2 aos Coríntios, aos Filipenses, a Filémon, aos Gálatas, aos Romanos. As outras 6 - aos Colossenses, aos Efésios, Segunda aos Tessalonicenses, 2 a Timóteo, a Tito - são pseudopaulinas, isto é, dependem da "escola paulina", mas ele não é o seu autor. Ora, os passos citados, exigindo a subordinação e o silêncio da mulher, pertencem às pseudopaulinas. Quanto ao passo da Primeira Carta aos Coríntios, aceita-se hoje que é uma interpolação posterior, pois só assim se percebe que antes refira "a mulher que reza e profetiza".

        O comportamento misógino e subordinado da mulher não se deve a Paulo, mas a outras lutas e influências.»

        Anselmo Borges

        Padre e Professor de Filosofia

        há 21 horas ·  ·  1

      • Renata Beiro Machismo podre milenar!!! kkkkkkk
        há 21 horas ·  ·  1

      • Luís Magalhães Renata Beiro ajudei?
        há 21 horas ·  ·  2

      • Luís Magalhães Já leu o texto todo?!
        há 21 horas ·  ·  2

      • Renata Beiro Tudo machismo!!! Patriarcado imbecil, que matou muitas Mulheres!!! E eu vou acreditar nas tais escrituras??? Não vi quem escreveu!!!!;)
         ·  1

  • EVOLUIR...
    I
    Olhares espectrais transitam;
    Quais estrelas cadentes a vagar!
    Curiosos, tíbios, envolventes:
    Absortos em si próprios!

    II
    Névoa iluminada pela oblata;
    Oferta, do interesse em comum:
    Aprendendo a dividir e ascender!
    Num misto participativo!

    III
    Ondas de energia a pulsar:
    Ser pensante ou o seu espectro!
    Transita célere no ambiente:
    Quer observador ou partícipe!

    IV
    Alhures a vida prossegue:
    Todos fazem parte deste écran!
    Matizes em um quadro divino:
    Cada qual oferecendo do que têm!

    V
    Sinergia fora de tempo ou espaço:
    Que; afinal, são convenções!
    Eterno presente para o imortal:
    Quando afetado nas lides do amor!

    VI
    Toscas formas em ensaios de vida:
    Em relativo progresso a se firmar!
    Eis o homem - com seus pares:
    Já se analisando do lado de cá!

    VII
    Quais conluios para queda de alguém:
    Eis os réprobos de pensar egoísta!
    Tentando se firmar – usurpam:
    Sem cogitar do destino que têm!

    VIII
    Focos de sombras em meio à luz:
    De um lado a engrossar pendenga!
    De outro - o nobre conceito da cruz!
    Feliz do ‘já poder se perceber’!

    IX
    Alegrias ou tristezas em profusão:
    Em ensaios do arbítrio próprio!
    A mente insurge no teatro existencial:
    Aparamentando-se no que crê!

    X
    Vai aqui, ressurge ali e prossegue:
    Compromete-se ou fulge em glórias!
    A consciência está sempre presente:
    Eis Voz Divina a lhe orientar!

    XI
    Vez que outra ela se atropela:
    Cala-se este mantra orientador!
    Aguilhoada: este sol da retidão!
    Mas; qual a fênix - irá ressurgir!

    XII
    Que importam erros e equívocos?
    Que importa a demora no retorno?
    Que importa a vã teimosia?
    A efêmera obstinação na dor?

    XIII
    Que te importa meu paradeiro?
    Que me importa seu fanal?
    Valerá não se importar:
    Se o coexistir é inevitável?

    XIV
    Certamente somos todos livres:
    Mas, em destino certo e abençoado!
    O Senhor da Vida nos tutela:
    E o Seu Avatar de Luz nos guia!





  • Hoje, falamos ora de choque ora de diálogo de civilizações. Para já, o diálogo de civilizações pertence ao horizonte do desejo. O choque pertence ao presente e ao medo do futuro. Em algumas Igrejas cristãs, de tanto falar de ecumenismo, toma-se o desejo por realidade. No diálogo inter-religioso, fazemos de algumas andorinhas uma Primavera magnífica – lembremo-nos de Assis –, mas entre as religiões e os povos prevalece a ignorância e o medo.

    A Europa, com vocação para o acolhimento, a diversidade e o pluralismo, já só pensa em vigiar as suas fronteiras.

    Na era “pós-cristã”, além dos medos e das ameaças, vive na indiferença e num ambíguo retorno do religioso: uns desejam realçar a componente cristã da identidade da Europa e empenham-se na “Nova Evangelização”; outros lutam para que a questão religiosa saia do espaço público e se remeta para o “santuário” da consciência individual. Se uns desejariam voltar ao quadro pré-moderno da vida social, no qual a comunidade religiosa e a comunidade civil se juntavam em torno do campanário, outros procuram mostrar que a comunidade religiosa é, apenas, uma parte da comunidade civil. Já não vivemos num quadro religioso, mas num mundo secular, “como se Deus não existisse”, no dizer de É. Poulat.


    • Gostas disto.

      • Luís Magalhães 
        Para o cardeal Cario Maria Martini, a condição da Igreja no mundo actual é, em muitos aspectos, o que Cristo chamou: pequeno rebanho, uma semente minúscula, um punhado de fermento. Os meios de comunicação social deixam-na à margem, interess...Ver mais

        há 21 horas ·  ·  1

  • http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=LjTt2SQ933E

    www.youtube.com
    Ciganos d'Ouro - Esa Que Bailara



  • Boa tarde amigos!Desejo de uma semana de alegrias e bênçãos a todos.
    Deixo a minha página e se gostarem,adorarei tê-los por lá.
    https://www.facebook.com/moonkisses012



  • Maria Ines Siracusa, o Papa Bento XVI apelou ao respeito da Dominga (domingo) como “dia de descanso”, pedindo atenção à necessidade do “equilíbrio entre duas questões estreitamente ligadas: a família e o trabalho”, noticiou a Ecclesia.
    Na sua alocução, Bento XVI referiu mesmo que o trabalho “não deveria colocar obstáculos à família, mas, pelo contrário, sustentá-la e uni-la, ajudá-la à abrir-se à vida e a entrar em relação com a sociedade e com a Igreja”.
    A intervenção do Papa não pode vir mais a propósito, nestes tempos de crise económica em toda a Europa e poucos dias depois de ter sido anunciado o acordo entre Portugal e a Santa Sé acerca da suspensão de dois feriados religiosos – o Corpo de Deus e o Dia de Todos os Santos – além dos dois civis (5 de Outubro e 1 de Dezembro) cuja suspensão (ou eliminação) o Governo também já decidira.
    Nos últimos anos, e mais ainda nos últimos meses, tem-se instalado um discurso que pretende convencer-nos que as pessoas estão destinadas apenas a ser máquinas de produção. Temos todos que produzir mais, que trabalhar mais, que fazer mais, dizem-nos. Mesmo se todas as estatísticas nos mostram que Portugal é já dos países da União Europeia (e mesmo da OCDE) com mais horas de trabalho por dia ou por semana, como se pode reler aqui.
    O problema, portanto, não está em trabalhar mais (talvez esteja, sim, na deficiente organização do trabalho; ou na falta de cultura de muitos empresários; ou na pequena corrupção; ou na injusta remuneração e consequente incapacidade de mobilizar as pessoas para objectivos comuns; ou...). Até porque, agora, ao trabalhar mais corresponde receber menos (pelo menos para quem já recebe menos, como se soube segunda-feira, a propósito das 20 maiores empresas cotadas na Bolsa de Lisboa; ao contrário, quem já recebia mais, mais ficou a ganhar).
    A questão dos feriados não é, por isso, uma questão menor. E esteve mal a hierarquia católica em Portugal, ao aceitar abdicar de duas datas festivas sem ter chamado a atenção do Governo para as duas questões centrais que estavam em causa: que a antropologia cristã, como tantas vezes lemos e ouvimos, nos diz que as pessoas não são apenas máquinas de produzir e que necessitam também do lazer, da festa, da família, dos amigos, do desporto, da cultura, do espírito; e que dois feriados a menos não são solução de espécie alguma para a economia portuguesa, como tantos economistas e investigadores têm feito notar.
    Pena que o discurso do Papa não tenha tido mais eco.
    Já agora: também é pena que alguns sectores e algumas pessoas barafustem tanto com a “intromissão” do Vaticano na vida do país; era mais saudável se protestassem antes contra o que verdadeiramente está em causa – a dignidade humana e uma concepção de pessoa que não nos vê apenas como roldanas de uma máquina.


  • A ciberteologia das redes
    O padre jesuíta Antonio Spadaro é diretor da revista La Civiltà Cattolica. Mas talvez seja mais conhecido como teólogo estudioso e praticante das redes sociais e do ciberespaço. Recentemente publicou um livro intitulado precisamente 'Cyberteologia', que ainda não está traduzido em português. Enquanto isso não acontece, Spadaro disponibilizou em português, e em regime de acesso livre, um e-book com uma série de textos, mais breves uns do que outros, em boa parte publicados no seu blog, e de que destacamos estes:
    Em busca de Deus em tempos de Google
    A ciberteologia das redes
    Entrevista sobre Cyberteologia com Padre Antonio Spadaro SJ
    A internet é um ambiente, parte integrante da nossa própria vida
    Espiritualidade e elementos para uma teologia da comunicação em rede
    O que faria Jesus se fosse um hacker?
    Habitar a Rede: como vencer o risco de viver em uma bolha filtrada?
    Limitar o acesso à web? ”É como tirar um pedaço de território”
    Como encontrar Deus nos «blogs»
    O fenômeno do Blog: I-II-III-IV
    Steve Jobs e Inácio de Loyola
    Deus procurado e achado em todas as coisas
    Uma Civiltà de escritores, poetas e navegadores da Web
    ”Somos chamados a estar nas fronteiras, encruzilhadas e trincheiras”
    ”A fé nos ajuda a entender a Internet”.


  • http://www.lasexta.com/lasextaon/elintermedio/completos/el_intermedio__gonzo_entrevista_una_victima_de_la_manipulacion_de_la_razon/615713/1
    www.lasexta.com
    Gonzo entrevista a Gustavo Tambascio que nunca fue informado sobre que su texto iba a ser incluido dentro de la portada de La Razón 15 intelectuales indignados contra el…



    • Gostas disto.

  • Tempo para o gratuito
    "Com vícios de soberba e rédea solta, secundarizando a ética e o "bem comum", construímos uma sociedade com menos tempo para o gratuito, ou seja, menos tempo para dar, gratuitamente, à dimensão do que é mais sublime numa Existência que não se questiona porque simplesmente… É, gratuitamente.
    Será esta tendência para a redução do tempo para o gratuito um caminho seguro? E como entender esta tendência quando, ao mesmo tempo, se defende uma revolução de paradigmas? Quando se quer que o tempo novo seja de reencontro de afetos, de aprofundamento das relações, de partilha e disponibilidade para o(s) outro(s)? (...)
    O tempo para o gratuito é tanto para o ócio como para o aprofundamento das relações. Mas o que se tem verificado é uma tendência para o encurtamento do tempo para o gratuito… com impacto na família, na simbiose obrigatória com a natureza e o meio, no salto do eu solitário para o nós solidário.
    Podemos apostar na qualidade do pouco tempo que nos é permitido para o gratuito porque, na verdade, tempo em quantidade não significa necessariamente tempo de qualidade. Este é um princípio básico nas relações humanas, nos casais, entre pais e filhos, amigos… Mas o tempo disponível para o gratuito, no jogo da interdependência, é um bem demasiado precioso. "Ninguém é uma ilha".
    É no tempo que se expressa o gratuitus, o sentido maior do Ser humano. O tempo conhece todos os sistemas e todos os sistemas vivem e morrem no tempo. No movimento da história, o tempo recuperará a razão contra todos os aparentes e circunstanciais pragmatismos políticos. Nem que seja para nos dizer... é tarde demais!"


  • http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=dl7NSb6J8Bc

    www.youtube.com
    EU SOFRI DEMAIS POR TE PERDER MAS FUI RENASCENDO COM O TEMPO AFOGANDO AS MÁGOAS NO PRAZER DE AVENTURAS SEM TER SENTIMENTO POR UM LADO EU SOBREVIVI MAS FICOU ...



    • Gostas disto.

  • Lembra-te que o que importa é: Tudo que semeares colherás.
    Por isso, marca a tua passagem, deixa algo de ti, do teu minuto, da tua hora, do teu dia, da tua vida.





  • Colo o teu olhar de menino,
    ...ao meu sorriso ,
    Entrelaço o meu no teu esboçar
    leve de lábios traquinas,
    E no teu abraço...
    as sensações voam no indiscritivel.
    Navego no calor arrepiante,
    ...em cada toque teu!
    Sonho a (e)ternidade num momento,
    No curto espaço de tempo ,
    em que me sinto viva...
    Estrelas do céu se abraçam como flores,
    No mais completo colorido arco-iris,
    Esvoaçando sobre mim um céu
    em esplendor de azul...
    A música idilica de gestos,
    atordoa todos os meus sentidos,
    ... que já perderam o sentido de tudo!
    Suave é a brisa que brinca
    em nossos sorrisos... de meninos!
    Congelo este tempo...
    em que as palavras ficam aquém,
    ... das sensações!





  • http://www.lasexta.com/lasextaon/salvados/completos/salvados__mas_alla_del_ladrillo/620983/1

    www.lasexta.com
    Salvados radiografía la situación con expertos y científicos, mientras investigaban sobre el cáncer de mama o desarrollaban nuevas patentes y se pregunta por el futuro…



    • Gostas disto.

  • Isto é tão bom, tão bom, que tenho que partilhar convosco MAZAL!

    www.youtube.com
    Goal celebrations + Special effects + Euro 2012 + Football + Goals + Celebration + Dinosaur + Rooney + Cute Dog + Arsene Wenger + Cristiano Ronaldo + Gunshot...



  • Tú tienes ese algo que exactamente no sé que es pero que nunca había encontrado en alguien más, eso te hace especial. Maria Ines Siracusa



  • Testemunho segundo Deimis Oliveira. HAHA

    É osso escrever ou falar essas paradas...




  • http://www.hourofpower.org/videos/index.php

    www.hourofpower.org
    The Hour of Power from the Crystal Cathedral in Garden Grove, California


Sem comentários:

Enviar um comentário

Shalom! Welcome to CAV Reformed Theology

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.




Uma identificação última com a essência fundamental das igrejas ou espiritualidades não significa, de modo nenhum, que estejamos de acordo com todas e cada uma das coisas que se fazem nelas.

O teólogo K. Rahner escreve: 
"O autêntico dogma nas Igrejas constitui algo que me obriga absolutamente. Como cristão e como teólogo, com certa ansiedade de espírito e coração, devo perguntar-me - com não pouca frequência - qual é o verdadeiro sentido de uma afirmação que o magistério das Igrejas mantêm como dogma, para lhe dar o meu assentimento de modo honesto e tranquilo. 

"Ao longo da minha vida nunca senti que isso fosse impossível. Em relação a esses dogmas, dei-me conta, claramente, que só podem ser bem entendidos quando se torna patente o seu sentido na linha da abertura ao mistério de D-us, sabendo, por outro lado, que foram formulados em condicionamentos históricos determinados. Esses dogmas encontram-se inevitavelmente numa espécie de amálgama que, de facto, não pertence ao conteúdo da declaração dogmática e que pode mesmo levar a que esse conteúdo seja mal interpretado. Isto acontece também porque esses dogmas estão formulados como regulações linguísticas que, para serem fiéis à realidade a que aludem, não deveriam permanecer sempre iguais, nem com as mesmas palavras com que foram formulados. 

"As coisas são diferentes quando se trata deste ou daquele ensino mantido pelo magistério como oficial, apresentado como vinculante, mesmo que não tenha sido 'definido'. Julgo que, por exemplo, nem a argumentação básica nem a autoridade de ensino das Igrejas a que, de facto, se recorre oferecem um fundamento convincente e obrigatório para aceitar a discutida doutrina católica de Paulo VI na 'Humanas Vitae'. O mesmo se diga acerca da declaração feita pela Congregação Católica da Doutrina da Fé que pretende excluir, por princípio, a ordenação de mulheres, como algo a aplicar em todos os tempos e culturas" (cf. "Scriften" XIV, 1980).

Labels

"Only the Father" (1) “Temendo a Deus” (1) 1 (1) 180 grados (1) 4 Pontos do Novo Calvinismo (1) 5 Ways You Will Be Mistreated (1) a comunidade ao mesmo espírito. (1) A IMPOSSIBILIDADE LÓGICA DE JESUS ('YESHUA') (2) A lo Cielo con ustedes (1) A MAIS BELA FLOR (1) A MINHA DESPEDIDA DO CONSERVADORISMO (1) A mulher de Jesus e o Próprio Jesus (1) A ORIGEM DO MAL (1) A palavra El (1) A palavra Ιησουα é feminina (1) A Partícula de Deus (1) A Tradição Adâmica (1) A VERDADEIRA FIDES (3) A vida foi feita para ser vivida (4) A vida foi feita pra ser vivida (1) A Vida Oculta de Jesus (2) Abalemos as Nossas Instituições Divididas (2) Abraão (1) acaba induzindo (1) Adam (1) Adam Harishon (1) Adam Kadmon (1) Adão e Eva (1) ADELE (1) Adjetivos a YHWH (1) ADN (1) Afetos (2) Aliens (1) ALMA (2) AMAR INCONDICIONALMENTE É UMA ARTE (3) Amen (1) AMIGOS (2) Aminata - Um caso de Mutilação Genital | Circuncisão na Alemanha (1) AMOR À INÊS (1) AMOR DE MANINHA (1) AMOR IDIOTA (1) Andre Luchi - Deep Inside Ft. Priscila Prix (Andre Motta Funk Side Mix) (1) Anselmo Borges (3) ANTENA 3 TV AO VIVO (1) Antropologicamente Profundo (1) Apocalipse (1) Apologética Judaicas (1) Arcanjo Gabriel (1) Arcanjo Miguel (1) Armageddon (2) Armindo dos Santos Vaz (4) Arrebatamento (1) ASCO DE VIDA (1) Asham (1) Assexualidade Mística e o Arrebatamento (4) Auto-conhecimento (2) Baal (1) Baptismo (1) Batistas (1) Belém (1) Bíblia (5) BÍBLIAS HEMEROTECA (1) BÍBLIAS HEMEROTECA - EM BUSCA DA VERDADEIRA TRADUÇÃO | Tradução Correta do NT (3) BIBLIOTECA DE TEOLOGIA E EXEGESE ECUMÉNICAS - LINKS (1) BIG BANG (4) Bispas (1) Bispo Aprigio e o Apocalipse (1) Blogues (1) Braga e os Bispos (1) Buenas noches y Buenafuente 1x06 HD | 20/05/2012 | Completo (1) Cabras a cantar são nova sensação do YouTube (1) CALACUS (2) Calvinismo (4) Calvino (1) Caparot (1) Capitalismo não ético (1) Caraítas (2) Carman (1) Carmelitas. Uma vida de oração (1) CARREIRA DAS NEVES (1) Carta aos Hebreus contestada (1) Carta de Deus (1) Carta do HaShem (1) Carta do HaShem a um yehud antinomiano (1) Casa de José (1) Casa de Judá (1) Casamento Judaico (1) Catequese (1) Catequese - Lições (2) Católicos tradicionalistas (1) Cauvinismo (1) CBN LIVE (1) Céu (2) Christianity (1) Ciência (1) CINA (1) Ciúmes (2) Comensalidade (1) Community (1) Compaixão (1) Conservative Judaism (1) Consultório Sexual (3) Contraditório Judaico ao B´rit Hadashah (1) Conversão (2) Conversas com a Nilce (1) Corpo de Deus (1) Criação (1) Cristianismo Progressivo (3) CRISTIANISMO TRINDADE E MITRAÍSMO (1) Cristianismo versus Judaísmo (1) Cruz (1) CUIDADO COM QUEM ANDA - AMISH GRACE - FILME SOBRE A FÉ AMISH NO MOMENTO DA MORTE (1) Culinária (1) D-us morreu no Holocausto? (1) D'us (1) D'us Ele-Ela (1) DAM (1) DAVID É O MESSIAS REENCARNADO (1) de Sandi Dubowsk (1) Debate (4) Debate: Israel não havia quebrado a aliança antes da vinda de Jesus (1) Debates de Afecto Com Uma Feminista (3) DEFICIENTES (1) Deificação (3) Deus (2) Deus Ele - Ela (2) Deus. (1) DEZ MANDAMENTOS (3) Diálogo com o Judaísmo (2) DIÁLOGO ENTRE ATEUS E CRENTES (2) DIÁLOGOS COM O MEU PASTOR BATISTA (1) DIÁLOGOS DE POESIA (2) Disciplina (1) Dízimo (2) DOES JUDAISM NEEDS G-D? (1) e não observada. Não seja plateia (1) É razoável acreditar num Deus? (1) e sim ator. Porém (1) Easter (1) Echad (1) Economia (2) ECUMENISMOS (1) Ed René Kivitz (1) Efraim (1) Eibissa (1) El Cristianismo y las grandes religiones (1) El Hijo de DIos - Teaser Western bíblico futbolero (1) Élder Luís Magalhães Apresenta Judaísmo e Osho (1) Elias (1) EM BUSCA DA BÍBLIA (1) EM OBRAS (1) Emoções (1) Enoch (1) Equality & Gender Issues (1) Escatologia (6) ESCATOLOGIA CRISTÃ (5) ESCATOLOGIA JUDAICA (5) Escatologia Judaica Crente em Yeshua (3) Escatologia Muçulmana (1) ESCOLA DE TEOLOGIA (1) ESCOLA DE TEOLOGIA E BIOLOGIA (1) Escórias (1) Estatísticas (1) ET'S (1) Ética (1) Eunuco (1) Evolução (1) exegese (1) Existe uma guerra espiritual como é interpretada em Efs 6:12? (1) Experiências após a morte (1) Ezequiel 23:20 em Mazal (1) Ezequiel 28 (1) Falo (1) Famílias (1) Fátima (1) FAV TWEETS (1) Feminismo (1) Festas (2) FILISTEUS (1) Filmes místicos (1) Find people who care much more about works of compassion and about inner spiritual growth than they do about doctrines. (1) Frei Bento Domingues (2) FUN AND SPORTS (2) FUTBOLEROS TV (1) Gays (1) Genealogia (2) Génese (1) Genesis (1) GÉNESIS 1-3 (5) GÉNESIS 1:1 (1) Genizah (1) GEOLOGIA (1) GLBT (9) GLBTI (2) Gnosticismo (1) Guehinom (1) Guerra (1) Guerras (1) Guilgul Neshamot (2) HA Satan (2) Hades Intermediário (1) Halal (1) Hans Küng (1) HaShem (1) Hassidismo (1) HEMEROTECA DE EBOOKS (1) Hesed (1) Hora do Enterro de Jesus (1) HUMOR (2) Humor bizarro (1) Identidades religiosas em Portugal: identidades (1) Idolatria (1) IGREJA DE INGLATERRA (1) Igreja Evangélica (1) Igreja Ortodoxa (3) iguais-aos-Apóstolos (1) Illuminati (1) Imagens (2) iMissio (1) Imortalidade (2) improvise. (1) Impureza (1) Índice (1) INFERNO (4) Inquisição Católica (1) Inquisição Protestante (1) Inquisições (1) Intercessão (1) INTRO (1) Irmãos de Jesus (1) Isa (1) Isaac (1) Isaías 9:6 (1) Islam (2) ISRAEL (2) Javá (1) Jean Cauvin (1) Jesus (7) JESUS ANTES (1) Jesus Cristo - um presente dos gregos - Ivani de Araujo Medina (1) Jesus Cristo Presente Dos Gregos (1) JESUS DEPOIS.... (1) JESUS E AS RELAÇÕES DO MESMO SEXO (1) Jesus e o Centurião (1) Jesus foi preso na noite de terça-feira (1) JESUS NÃO DESCENDE DE DAVID (1) Jesus um Plágio? (1) João 1 (1) João 1:1 (3) JOÃO 1:1 Mateus 2:23 Isaías 53 (3) JUDAÍSMO (7) Judaísmo 101 (3) Judaísmo Humanista (1) Judaísmo Liberal (2) Judaísmo Trinitariano vs Judaísmo Monoteísta Puro (1) JUST LIVE LIFE (1) Kabbalah (4) La Historia de la Religión en 1 Minuto (1) Laicidades (1) Lapidação (1) Leandro Lima - Uma Defesa do Batismo Infantil e por Aspersão (1) LECTIO DIVINA (1) Lefebvrianos (1) LEI DE NEWTON (1) Leis e costumes de Iom Kipur (1) Leis Noahides (1) LGBQ (1) LIBERALISMO (1) Lilith (4) Links (1) LOGOS FM (1) LUTERO 2016 (1) Lutero e o Mal (2) MACEDO DE CAVALEIROS (1) Maçonaria (2) Mahdi (1) Mal (1) Malkitsdec (1) MANIF (1) MANTRAS (1) Mário Soares (1) MAS APENAS O PRIMEIRO HEBREU - J. Herculano Pires e Anselmo Borges (1) mas um problema (1) masculina ou neutra ou dual? No meu link da SEPTUAGINTA (1) Mashiach Ben Constantinus (1) Massiach (1) Masturbação (1) MATEUS 16:20 (1) Mazal (8) MAZAL HOJE - O DIABO | AS RELAÇÕES HUMANAS | O CRIACIONISMO (2) Medula Óssea (1) Meet the Amish (1) Melania Trump (1) Mesopotâmia (1) Milénio (1) Mística (2) mística nupcial (1) Mitch Hedberg (1) Mitos sexuais (2) MOMENTOS DE FÉ E COMPAIXÃO (1) Monja (1) MONOGAMIA | PRAZER | ROMANTISMO (1) More Ventura Twitcam (1) Moré Yossef Felix (1) Morte (2) Mortes (1) Mudanças (1) mulher (1) Mulher Segundo o Judaísmo Bíblico (1) Mulheres (1) MÚSICA (2) Música Judaica (1) não ensaie (1) não existe Neemias 11:16 (1) Nascimento de Jesus (1) Nascimento Virginal (1) Nasi (1) Nazoreu (1) NDE (2) Near Death Experience (1) nem Adão (1) Nem Eva (1) nem pecado original (1) no nível energético (1) Noiva do Cordeiro (1) O Fruto do Pecado Original (1) O mal (1) O Maligno (1) O MEU SITE (1) O mito do lençol manchado de sangue (1) O Nome (1) O Nome de Deus (1) O Nosso Destino Futuro (1) O Racialismo Excêntrico do Falo e de Lilith (2) O Ritual Tashlich (dos Peixinhos) (1) O SEXO DOS ANJOS (1) O sexo é a música do matrimónio (1) O TEMPO (1) O testamento do Papa Bento XVI (1) OIEV (1) Online Contemporary Jewish Community. (1) Open Theism (2) ORAÇÕES PELOS DOENTES (1) ORAR (1) Origens (1) Os Novos Dez Mandamentos (1) OSHO (1) OSHO: D-us não é uma solução (1) Osservatore Romano (1) Ovnis (1) Oxysgenos Design (1) Padre Beto (1) Padre Carreira das Neves (1) Padre da Lixa (3) Padre Quevedo (1) Padrões da Comunidade do Facebook (1) Palavra da Sabedoria (1) Pânico Na Band - 29/07/12 - COMPLETO (HD) (1) Papa (2) Paper.li (1) Parousia (1) PASTOR BATISTA FAMOSO E ESQUECIDO (1) PASTORES QUE NÃO ACREDITAM EM DEUS (1) Paulo Brabo (1) PDF (1) Pecado contra o Espirito Santo (1) Pecado Original (7) Pecado Original não existe nos Judeus (1) Pentecostes (1) Perdão (1) PERDOAR (1) Peshitta (1) Pessach (2) Poesia (1) POLÍTICA SEXY (1) Political and Religious Subjects (1) Porque razão o inconsciente tem uma atuação mais forte do que o consciente? (1) Post Mortem (1) Predestinação (2) Profecia (1) Purgatório (1) quebrou quando não creu Nele? (1) Quiyamah (1) Rabinato (1) Rabino Marcos Andrade Abrão (2) Rabino Marcos Andrade Abrão (1) Rádio Goom (1) Rádio Los 40 (1) RAP (1) Reencarnação (1) REFO 500 (1) Reform Judaism (2) REFORMATION (1) Regressão (1) Religião Hebraica e Cananita (1) Religiosas(os) de Clausura (1) Ressurreição (5) RETRO TUMBLR (1) Ricardo Gondim (1) RIT - Programa Vejam Só - A Árvore do Conhecimento do Bem e do Mal (1) Ritual Kosher (1) Ritual Tashlich (dos Peixinhos) (1) Romanos 9 (1) ROMANOS 9 | PREDESTINAÇÃO | LIVRE-ARBÍTRIO | LIVRE AGÊNCIA | ADÃO NÃO FOI O PRIMEIRO HOMEM (1) Rosh Marcos Andrade Abrão (3) Ruído (1) Sacerdócio Feminino (1) Sacrifício de Jesus (1) Sacrifícios (1) SALMO 23 (1) Salvação (3) Samael (1) Samaritanos (1) Santidade Judaica (1) Santíssima Trindade (3) Santo Ofício (1) Santos (1) Santos Constantino e Helena (1) SARAH (1) Satan (2) Saúde (1) Serpente (1) Sete Leis de Noach (1) Sete Mandamentos (1) Sete Mandamentos de Noach (1) sexualidade (2) Shabbat Shalom (2) Sharia (1) Shechita (1) SPAM (1) Street View (1) Talmud (2) Talmude (1) Tanach (1) TANTRA (1) Teísmo Aberto (2) teologia (1) Teologia Relacional (1) Teólogo Kadu Santoro (1) TERCEIRA GUERRA MUNDIAL (1) TESE SOBRE HOMOSSEXUALISMO (1) Teshuvá - Tefilá - Tzedaká (1) Texto antigo fala que o Prefeito Pôncio Pilatos ofereceu sacrificar filho no lugar de Yeshua (1) The House of Yahweh My Side of the Story (1) The Shlomones -I'm Going to a Seder - Passover Pesach (1) This is my Bible (1) TIMELINE (1) Tom Horn (1) Torah (1) TORAH COMPLETA (2) Tradução Correta do NT (2) Transfusões de sangue (1) TRANSMUTAÇÃO (1) Tratado de Sotá (1) Tratado de Sucá (1) TREVAS (1) Trindade (4) tumblr pessoal (1) TUMBLRS (2) TWEETS (1) TWEETS LIBERAIS E CONSERVADORES (11) TWITCAM (1) TWITTERS QUE SIGO (1) TWWW.TV (1) Tzemah Yoreh (1) Um pastor sexualmente culpado e promiscuo (1) UMA PESSOA QUE NASCEU SURDA MUDA PENSA EM QUE IDIOMA? (1) UNÇÃO (1) Unitarismo (1) Valedor (2) VALORES (1) valores e práticas - 2011 (1) Verbo (1) Véu (1) Vida de Contemplação (1) VINGANÇA (1) VIOLÊNCIA (1) Virgem Maria (1) VIVER (1) Você crê em Deus ou em Elohim? (1) Yachad (1) Yachid (1) YESHAYAHU/ISAÍAS 52:13—53:12 (1) Yeshu (1) Yeshu ha-Notzri (1) Yeshua (4) Yom Kippur (1) Yoshke (3) Yossef Pai de Miriam (1)

VERBETE SOBRE CIÚME

Read more

GLBT News

Read more

ESKUP ÚLTIMA HORA

Tuultimolibro




Padrões-da-Comunidade-do-Facebook e do Judaísmo Secular ou Humanista » http://cavrt.blogspot.pt/2012/10/padroes-da-comunidade-do-facebook.html



Robespierre Cardoso da Cunha
Simples o dominio que esta por trás dela é de um anjo caído ...HA'Satan


Francisco Sales Gonzaga
só isto e prq eles seguem anjo caido?será que o sujeito ñ esta vendo o anjo caido não? gente acorda!!!!!


Regina Da Silva Farias
ñ é nda por causa de anjo nenhum é por causa de poder só isto e riquezas ela sabe que se começa falar a vdd tera que devolver oque tomou dos inocentes a 2mil anos e tera que pga pelos crimes que cometeu nestes 20 seculos!


Regina Da Silva Farias
ela ainda é muito poderosa esta na epoca do barro mas ainda é muito forte!


Alcides Jose de Castro
Mas como posso ser conhecedor da vdd e ensinar a mentira?pode patecer ingenuo de minha parte mas quantas pessoas nas trevas.e JESUS CRISTO,O NAZARENO sempre diz que a vdd liberta.como posso cultuar imagens de gesso uma vez que D+us busca adoradores que o adorem em Espirito,pela fé.


Francisco Sales Gonzaga
A idolatria e depravação dos homens>A ira de DEUS se revela do céu contra toda impiedade e perversão dos homens que detém a verdade pela justiça; romanos cap;1;vers;18porquanto o que de DEUS


Francisco Sales Gonzaga
se pode conhecer é manifesto entre eles,porque DEUS lhe manifestou.vers;19!


Magalhães Luís
Eu ainda não percebi porque razão se afirma que a Igreja Católica leva à idolatria. Como é que uma teologia apoiada em Santos e teólogos de primeira qualidade ainda leva a uma questão do século XVI?! Quando as Igrejas da Reforma que tinham essa disputa já chegou a um entendimento da postura Católica. Para chegar a uma posição consensual nas cerimónias litúrgicas ecuménicas recorre-se a ícones.


Magalhães Luís
Continua-se a pensar a partir da mentalidade sectariana evangelical, unicista, unitariana, judia-muçulmana...


Magalhães Luís
E aos crentes em Yeshua vão estudar mariologia. Passo 1: http://pt.scribd.com/doc/99504667/MARIOLOGIA



X
Alcides Jose de Castro......a igreja católicas criou muitos costumes para se diferenciar entre as religião....para aderir mais adeptos.....criou costumes quem nem existe na Biblia,o de padre não poder casar,isto não existe, é apenas uma forma que igreja católicas achou de não dividir seus bens.....do vaticano não dividir seus bens com estas famílias....mais podemos ver muitos filhos bastardos jogados ao leu.....muitos jovens sendo usados pelos padres....não existe a crisma....entre muitos outros costumes ....o de idolatria....pois o Papa é o maior criador de imagens....mais pela posição social .....e politica ....pela força de poder politico.....ela consegue continuar a enganar......um pastor disse em uma de suas pregações que a África sofre até hoje as consequências das escravidão.....do Egito.....pois lá foi o lugar que Cristo foi crucificado.....e pela nação do Egito ser um povo negro.....entendeu-se que é racismo.....mais na verdade é só as consequências de pecado do passado.....Deus acabou com Sodoma e Gomorra pelo pecado do luxuria.....do imagens ....e idolatria ..e do homossexualismo que existia na época.....e este mesmo pastor disse que Deus ama os homossexuais....mais condena seus pecados.....foi criticado por isso ...e o Papa para defender a família católica disse a mesma frase.....que Deus ama os homossexuais mais condena seus pecados....ama as pessoas mais não seus erros.....e ninguém se importou....nada houve contra ele......tudo que a igreja católica aprova ....fala......por causa da politica...economia......do poder......tudo é aceito......e se de qualquer religião disser.....é condenado......a justiça do homem é cega......a justiça do homem é conveniente......só a Deus....é justa e fiel......por isso nunca vamos enteder ninguém nem o mundo pois os homens são corruptos e todo mundo tem um preço.....e cada um mostra seu valor na hora da verdade.......o mundo jás do maligno......e o que vale....entre muitos é sobreviver......enquanto deveria ser saber viver.....pois sem YHWH não somos nada......ou podemos até ser por um tempo.....mais não podemos ser o tempo todo...assim é a verdade e a mentira......tudo pode durar por um tempo mais nunca o tempo todo.....Deus tira as mascaras.....desnuda os soberbos....rebeldes...desobedientes.....arrogantes......


Magalhães Luís
A questão do Padre ser casado ou não, não tem a haver com argumentos materialistas. Que estão presentes, é claro, ninguém contesta isso. Mas o Padre casa misticamente com Jesus. Que é superior a qualquer casamento humano.


X
PAZ DE ESPÍRITO, MELHOR CALMANTE!
Às vezes as tribulações da vida nos deixam abalados e perdemos a paz e o sono. Sentimo-nos acuados e encurralados por sentimentos turbulentos que assombram nossa alma. O melhor remédio para um sono reparador é a paz de espírito, fruto da confiança em Deus. o rei Davi, quando estava passando o momento mais amargo de sua vida, fugindo de seu próprio filho Absalão, que queria tirar-lhe a vida e tomar-lhe o trono, disse: "Deito e logo pego no sono, porque só tu, Senhor, me fazes repousar seguro".


Magalhães Luís
Eu sou um cristão que está casado misticamente com Jesus; não o troco por mulher alguma.


Magalhães Luís
Sou celibatário com toda a liberdade.


Magalhães Luís
Todo o sacerdote apaixonado por Jesus devia ser celibatário.


Magalhães Luís
Estou com São Paulo.


Magalhães Luís
1 Coríntios 7: 32 Pois quero que estejais livres de cuidado. Quem não é casado cuida das coisas do Senhor, em como há de agradar ao Senhor,

33 mas quem é casado cuida das coisas do mundo, em como há de agradar a sua mulher,

34 e está dividido. A mulher não casada e a virgem cuidam das coisas do Senhor para serem santas, tanto no corpo como no espírito; a casada, porém, cuida das coisas do mundo, em como há de agradar ao marido.

35 E digo isto para proveito vosso; não para vos enredar, mas para o que é decente, e a fim de poderdes dedicar-vos ao Senhor sem distração alguma.
João Ferreira de Almeida Atualizada (AA)


Magalhães Luís
"O homem não casado e o virgem cuidam das coisas do Senhor para serem santos, tanto no corpo como no espírito; o casado, porém, cuida das coisas do mundo, em como há de agradar à esposa."


Magalhães Luís
"A mulher não casada e a virgem cuidam das coisas do Senhor para serem santas, tanto no corpo como no espírito; a casada, porém, cuida das coisas do mundo, em como há de agradar ao marido."

X
Se o padre tem a ideia que casa com Jesus Magalhães Luís.....ainda é pecado maior ainda...de ignorância pois todos os padres tem suas amantes.....e o vaticano incoberta oculta tudo isso....sempre que aparece na mídia algo sobre isso de um padre ele fica um tempo fora e depois volta......lá tudo é acobertado....esse negocio de celitabo....é falso.....veja o Francisco renunciou.....ficou um tempo acobertado....e hoje já mora quietinho nos palácios do vaticano.....lá tudo funciona na mesma politica.....tudo se acoberta.....todos os estupros......toda luxuria......todo fruto da carne é acobertado e oculto pelo vaticano.....se você cre que existe mesmo celibato na igreja católica você é muito ingênuo.....


Magalhães Luís
"E digo isto para proveito vosso; não para vos enredar, mas para o que é decente, e a fim de poderdes dedicar-vos ao Senhor sem distração alguma."


Magalhães Luís
Pois eu não tenho amante alguma. Só Jesus na minha vida. E comigo tenho muitos santos.


Magalhães Luís
E não vivo na lúxuria.

X
Algum crente.....já foi casado com uma mulher por caridade?


Magalhães Luís
Sim. Por caridade. Existem crentes assim. Para as tirarem da prostituição. Com autorização eclesiástica. Nada às escuras. 


X
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk......quanta hipocrisia Magalhães Luís


Magalhães Luís
Agora essas mulheres estão casadas com pessoas que realmente as amam no aspecto unitivo e procriativo. Cristãos praticantes. E nessas congregações toda a gente participa nesses eventos reconstructivos da nova biografia dessas almas.

X
Você está vendo que você só confirmou tudo o que eu disse Magalhães Luís.....o Vaticano aprova....tudo......e os padres enganam a si mesmos....pois a sociedade já sabe ....sem essa de caridade.


Magalhães Luís
Com certeza, mas não é da ICAR. Não menciono denominações. E foi um pedido de uma outra Igreja a outra Igreja. Que pediu ajuda. Pois não sabiam mais como ajudar. Foi algo interconfessional. Contaram-me. Gente de credibilidade.


X
Você não precisa casar com uma mulher para ajudar ela Magalhães Luís.........Para de se enganar com esses da clerezia.....Fica dizendo essas heresias absurdas de caridade e outros besteirol.


Magalhães Luís
José casou com Maria, a nossa Mãe, por caridade e obediência.


Magalhães Luís
Sabia disso?! Para não ser apedrejada.


X
Magalhães Luís......me desculpe...mais com a hipocrisia deslavada não dá da para falar.....e voce ainda fica argumentando se achando o bom......me poupe...desta.....todo o padre tem amante sim e é acobertado pelo Vaticano.......ele sabe que não vive o pecado pois casar e ter família não é pecado.....o pecado é a hipocrisia....sua de disser que era só caridade......


Magalhães Luís
José casou com Maria, a nossa Mãe, por caridade e obediência. Sabia disso?! Para não ser apedrejada. Sabia. Estou apenas a imitar o santo.


Magalhães Luís
E mais: "O homem não casado e o virgem cuidam das coisas do Senhor para serem santos, tanto no corpo como no espírito; o casado, porém, cuida das coisas do mundo, em como há de agradar à esposa."

Magalhães Luís "A mulher não casada e a virgem cuidam das coisas do Senhor para serem santas, tanto no corpo como no espírito; a casada, porém, cuida das coisas do mundo, em como há de agradar ao marido."


Magalhães Luís
"E digo isto para proveito vosso; não para vos enredar, mas para o que é decente, e a fim de poderdes dedicar-vos ao Senhor sem distração alguma."


Magalhães Luís
Destaco: "A fim de poderdes dedicar-vos ao Senhor sem distração alguma."


Magalhães Luís
Sem distracção alguma.


Magalhães Luís
Sem distracção alguma.


Magalhães Luís
Sem distracção alguma.


Magalhães Luís
Destaco: "A fim de poderdes dedicar-vos ao Senhor sem distracção alguma."

X
Magalhães Luís.....ou voce é muito safado.....ou é ignorante.....Jose amava a Maria....já estava para se casar com ela......e por ser um homem temente a Deus....e por um anjo ter falado com ele....e por ele ver que ali se fazia a gloria de Deus.....se fazia cumprir as promessas.....e depois eles tiveram muitos outros filhos.....ele respeitou Maria no tempo que Deus deu a ele....mais a mulher que voce casou não precisava de sua caridade desta forma......me engana que eu gosto.....isso tem outro nome......que vergonha usar as Palavras Bíblicas para justificar esta heresia blasfêmia...hipocrisia....



Magalhães Luís
José amava Maria?! E por um Anjo ter falado com ele?! Isso é em Mateus 1:20. Em "19José, com quem Maria ia casar, era um homem que sempre fazia o que era direito. Ele não queria difamar Maria e por isso resolveu desmanchar o contrato de casamento sem ninguém saber."


Magalhães Luís
Veja: "José, com quem Maria ia casar, era um homem que sempre fazia o que era direito. Ele não queria difamar Maria e por isso resolveu desmanchar o contrato de casamento sem ninguém saber.""


Magalhães Luís
Não fala de amor. Fala de fazer tudo direito.


Magalhães Luís
E mais » Escreve São Paulo: "E digo isto para proveito vosso; não para vos enredar, mas para o que é decente, e a fim de poderdes dedicar-vos ao Senhor sem distracção alguma."


Magalhães Luís
 E centre-se no que diz São Paulo: "E digo isto para proveito vosso; não para vos enredar, mas para o que é decente, e a fim de poderdes dedicar-vos ao Senhor sem distração alguma."

X
Magalhães Luís.....as pessoas usam versículos da Biblia...e querem usar em sua vida achando que estão fazendo as mesmas coisas igual da Palavra....se voce se casou com alguém seu celibato se foi no casamento.....hoje voce pode ser uma pessoa resguardada......mais não no celeibato...na pureza.....


Magalhães Luís
O celibato, no meu caso é retomado quando eu quiser. Eu quando fiz o voto de celibato não era perpétuo. Pois era um religioso calvinista, não era um religioso católico. Tinha alguns privilégios especiais. Eu queria crescer no conhecimento do Senhor. Sem distracções.


Magalhães Luís
E durante anos não me distraí do Senhor.


X
Eu já fui da Igreja Católica e tenho muitos da família na igreja católica e sei como funciona estas coisas lá....


Magalhães Luís
Se sei algo hoje devo-o a esse tempo. "O homem não casado e o virgem cuidam das coisas do Senhor para serem santos, tanto no corpo como no espírito; o casado, porém, cuida das coisas do mundo, em como há de agradar à esposa."


Magalhães Luís
Eu fui monge a tempo inteiro e sei como funcionam estas coisas lá...


Magalhães Luís
Não ouvi dizer.


Magalhães Luís.....quando voce perde a virgindade.....perdeu amigo....quando perdemos algo....esta perdido principalmente num caso como esse......a pureza.....é assim ou se é ou se não é.....deixa de hipocrisia.....voce já de certeza se deitou ou coabitou com alguém e quer me dizer qaue é puro sexualmente.....me poupe......


Magalhães Luís
"E digo isto para proveito vosso; não para vos enredar, mas para o que é decente, e a fim de poderdes dedicar-vos ao Senhor sem distração alguma."


Magalhães Luís
Celibato não é virgindade.


Magalhães Luís
Celibato não tem a ver com ser puro sexualmente. Isso é ser monge budista.


X
HIPOCRISIA....Magalhães Luís..........voce não vive de celibato assim como nenhum padre vive isso é só enganação.....enganam vocês mesmos e tentam enganar os outros.........besteirol.........o celibato é um costume só no papel.....de igreja católica.....mais na pratica não funciona.....de forma nenhuma........HIPOCRESIA>>>>>>>>>>
No dicionário Magalhes esta escrito assim: Celibato estado de uma pessoa que se manteve solteira...celeibatario que ou aquele que nunca se casou.......portanto.......para de HIPOCRESIA.....

Magalhães Luís
Os três conselhos evangélicos (de «virgindade-pobreza-obediência») constituem teologicamente um unicum. Os três conselhos não são separáveis: na sua unidade eles evocam a fé na Santíssima Trindade (escolhe-se ser pobre perante o Pai rico de todos os dons; obedientes como o Filho; virgens pelo amor unificador e fecundo do Espírito Santo), eles unem intimamente o cristão ao mistério do Filho encarnado que viveu pobre, casto e obediente; exprimem com radicalidade o dinamismo das três virtudes teologais; conduzem ao redescobrir da estrutura originária do ser humano e an­tecipam o mundo novo. Não se pode «professar» a virgindade, sem professar também a pobreza e a obe­diência.


Magalhães Luís
Mas dentro da Igreja Católica um padre pode casar-se. Basta ser padre católico da Igreja Católica de rito oriental.


Magalhães Luís
Só o padre de rito latino é que não pode casar.


Magalhães Luís
No rito ocidental se você quiser casar pode casar-se na Comunhão Anglicana e depois pedir para ser integrado na Igreja Católica.


Magalhães Luís
Por isso qualquer padre pode casar-se. Só tem é que escolher.


Magalhães Luís
Repito. Os três conselhos evangélicos (de «virgindade-pobreza-obediência») constituem teologicamente um unicum. Os três conselhos não são separáveis: na sua unidade eles evocam a fé na Santíssima Trindade (escolhe-se ser pobre perante o Pai rico de todos os dons; obedientes como o Filho; virgens pelo amor unificador e fecundo do Espírito Santo), eles unem intimamente o cristão ao mistério do Filho encarnado que viveu pobre, casto e obediente; exprimem com radicalidade o dinamismo das três virtudes teologais; conduzem ao redescobrir da estrutura originária do ser humano e an­tecipam o mundo novo. Não se pode «professar» a virgindade, sem professar também a pobreza e a obe­diência.

X
Magalhães Luís
Se não quiser invocar a santíssima Trindade na sua vida sacerdotal, tem o rito oriental e a Comunhão Anglicana.

Magalhães Luís........HIPOCRESIA ...e EGOCENTRISMO.......essa é sua religião esse é seu deus.......chega......sem definição..........................................................................................................................e o pior de tudo fica tentando se argumentar...............................................................seja seu sim. sim............seu não não o que vier além disso é maligno....................cada vez se compromete mais...quanto mais fala.....mais azeda tudo....


Magalhães Luís
Não quer entender é consigo. Mas pergunte a um padre se no rito oriental não se pode casar.


Magalhães Luís
Passar bem.

X
Tem muita sujeira em muitas lugares Magalhães Luís.......não em tudo mais em muita coisa em muita religião.....e escondem tudo debaixo do tapete.....conhecedores da Palavra ........é cheio de hipocrisia......enganação......só Deus para por terra toda sujeira......enganação.


Magalhães Luís
Que a afectividade e a sexualidade não são uma fatalidade, imposta pelas leis da natureza e da sociedade, mas são o campo de uma escolha livre, é o próprio Jesus quem o proclama, antes de mais sendo Ele próprio celibatário e proclamando que há aqueles que escolhem a via da continência por amor do Reino dos Céus (cf. Mt 19, 12). Ao proclamar a possibilidade desta escolha livre, o Senhor restitui ao casamento a sua dignidade de escolha livre. Sobretudo a mulher, que tinha a sua dignidade restringida à procriação, sente-se liberta e reconhecida na sua dignidade como pessoa. Não é por acaso que, na Igreja nascente, são as mulheres que escolhem a virgindade como caminho para seguir a Cristo, que suscitam o ideal da virgindade como caminho cristão de amor.


Magalhães Luís
Eu hoje retomo esse caminho. Por isso fico mais livre para estudar e poder depois partilhar.


Magalhães Luís
O celibato não é uma renúncia ao amor; é a escolha de um amor novo e este converge com o amor do Bom Pastor. A própria complementaridade homem-mulher encontra expressão de profundidade e de intimidade mística, onde o melhor de cada um exprime a comunhão dos santos. São Bento e Santa Escolástica, São Francisco e Santa Clara não são os únicos exemplos.

Magalhães Luís.......voce vive na carne......do seu próprio egocentrismo........faz um churrasco da própria carne e não consegue nem sentir dor.......nem ver nada......vive num arco íris......


Magalhães Luís
Eu escolhi este amor novo. Imitador de São Paulo. E das suas palavras: "Sem distracção".


Magalhães Luís
Você parece que quer me incentivar negativamente.


Magalhães Luís
Em vez de me ajudar. Eis um poema que descreve o que queremos ser. O que a nossa alma quer ser. »»»»»»»»»

Seja a alma humana leve, branca e pura como a neve, 
A fim de que a sua lisura seja tudo menos breve. 
Essa pureza química na verdade sã consiste; 
A mentira, triste mímica, lá não cabe, lá não existe. 
E assim, no refrigério dessa alva simplicidade, 
Encontra-se viva e salva a irmã humanidade!...

Miguel Neves